NOTÍCIAS

URGENTE!

 

SINDICATO UNIÃO

MARCA REUNIÃO COM  TODOS OS OFICIAS DE JUSTIÇAS NA OAB/LAPA-SP

 

Data: 04 de Março de 2015
Horário: 14h
Local da Reunião: Auditório OAB – Lapa
Rua Afonso Sardinha, Lapa- SP. 

 

Trata-se das conseqüências decorrentes dos novos critérios para ressarcimento das diligências efetuadas pelos Oficias de Justiça de todo o Estado, através dos Provimentos da Corregedoria Geral nº 27, 28 e 37 de 2014.

 

VENHA PARTICIPE
TRAGA A SUA OPINIÃO !


DIVULGADA PORTARIA SOBRE A TRANSFORMAÇÃO DO CARGO DE AGENTE ADMINISTRATIVO PARA ESCREVENTE TÉCNICO JUDICIÁRIO


ADICIONAL DE QUALIFICAÇÃO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA  DESCUMPRE COM A LEI 1217/2013

 

DEIXANDO DE  FORA OS APOSENTADOS E  NÃO CALCULANDO OS AQ SOBRE OS VENCIMENTOS BRUTOS.
LEIA COMUNICADO 263/2015.


DIA DE AÇÃO GLOBAL EM DEFESA DO DIREITO À GREVE

DECLARAÇÃO DA UGT/BRASIL EM DEFESA DO DIREITO À GREVE

UGT COMBATE FORÇAS CONTRARIAS E SE JUNTA AO DIA DE AÇÃO GLOBAL EM DEFESA DO DIREITO À GREVE

 

No Brasil a União Geral dos Trabalhadores – UGT, combate qualquer forma de agressão aos Direitos Fundamentais dos Trabalhadores e das Pessoas Humanas, principalmente quando se deita um olhar traiçoeiro sobre o Direito de Greve. No Brasil originariamente a palavra Greve vem do Frances GRÈVE, decorrido da linguagem “plage de sable”, fato que os trabalhadores quando estavam paralisados de suas funções na praia de areia, local tradicional, junto as margens do rio Sena em Paris/França. No inglês, leva o nome STREIK, por ser conflito. Em Espanhol, a Greve é chamada de HUELGA, vem do verbo descansar. Vale lembrar que estas três línguas Frances, Inglês e Espanhol, são reconhecidas internacionalmente pela ONU/OIT. -Mais




NEGOCIAÇÃO COLETIVA/2015

DIRETORIA DO SINDICATO UNIÃO NUMA PRIMEIRA RODADA DE NEGOCIAÇÃO COLETIVA ANTECIPADA COM O PRESIDENTE DO TJSP, DES. RENATO NALINI, DIA 9/02/15(segunda-feira), SURPREENDE COM A SOLICITAÇÃO DE MENSAGEM ADITIVA INCLUINDO OS SERVIDORES, NO PROJETO DE LEI 1016/2014, ALESP, DOS MAGISTRADOS “QUE INSTITUI O AUXILIO SAUDE PARA OS MAGISTRADOS"

O Desembargador Renato Nalini, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, na data de 9 de fevereiro de 2015 juntamente com o Desembargador Malheiros e o Coordenador do Gabinete Juiz Assessor Afonso de Barros Faro Junior e Juiza Assessora Maria de Fatima Pereira, às 16h receberam os Diretores do Sindicato União: Wagner Souza, Presidente, Levy Pereira, Secretario Geral, Carlos Rubi, Adjunto, e os Conselheiros:  Diva Ferreira, José Ferreira Jr., Angelo Miguel, Maria Cleide, Marisa Bueno, Miguel Martinez, para uma primeira Negociação Coletiva antecipada: - Mais


DIRETORIA DO SINDICATO UNIÃO SE REUNE COM ROBERTO LUCENA,  SECRETÁRIO DE TURISMO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Sindicato União solicita a intermediação do Secretário para agendar reunião com o Governador Geraldo Alckimin

No dia 9 de fevereiro de 2015, às 10 horas, a Diretoria do Sindicato União esteve reunida com o Deputado Roberto Lucena, atual Secretário de Turismo do Governo do Estado de São Paulo, solicitando que o mesmo  marque uma AUDIÊNCIA com o Excelentíssimo Governador Geraldo Alckimin.

Nesta audiência com o Governador do Estado, o Sindicato União vai defender e lutar pela aprovação dos PLC:  56/2013 – Nível universitário para os Oficiais de Justiça e 42/2013 – Aperfeiçoamento do Plano de Cargos e Carreiras dos Servidores do Tribunal de Justiça, de modo a afastar qualquer prejuízo aos que se ausentarem dos serviços por motivo de saúde, conforme decisão da Assembléia realizada pelo Sindicato União no dia 7 de fevereiro.

Roberto Lucena se colocou à disposição do Sindicato União, afirmando que irá agendar a reunião com o Governador, e estará presente na data, por considerar justos os pleitos dos Servidores do Judiciário Paulista.

Veja fotos


Convocação

Assembleia Geral Ordinária da Categoria

O Sindicato União dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de São Paulo CONVOCA a Categoria dos Auxiliares da Justiça, Servidores do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para a Assembleia Geral Ordinária que se realizará no dia 7 de fevereiro de 2015, em primeira convocação às 11 horas, e segunda e última convocação às 11h30, em sua Sede à Rua do Carmo, 44 – 3° andar, Centro, São Paulo, conforme Edital de Convocação do dia 23 de janeiro de 2015, para tratar dos seguintes assuntos:

  1. Relatório das Atividades Administrativas

  2. Aprovação das contas de 2014, período de janeiro a dezembro

  3. PAUTA DE NEGOCIAÇÃO COLETIVA DE 2015

  4. Outros assuntos


Wagner José de Souza

Presidente


 


Manifestação das Centrais Sindicais

bloqueia Avenida Paulista

A manifestação das centrais sindicais na capital paulista interdita na manhã desta quarta-feira (28) o sentido Consolação da avenida Paulista, uma das principais da cidade. O ato é contra as Medidas Provisórias 664 e 665, anunciadas no final do ano passado pelo governo federal, que alteram regras para benefícios sociais como pensão por morte, auxílio-doença, abono salarial e seguro-desemprego.
Luiz Carlos Mota, presidente da UGT em São Paulo, reclama que o movimento sindical foi pego de surpresa pelas medidas provisórias, pois o assunto não foi discutido com os representantes dos trabalhadores. “Este é o momento em que os trabalhadores estão mostrando para a presidenta Dilma que não podemos retroceder nos direitos trabalhistas, temos que avançar”, disse ele.
Além das medidas provisórias, outra questão levantada por Mota é a pauta trabalhista. “A redução da jornada de trabalho, o fim do fator previdenciário, a correção da tabela do imposto de renda, são questões que estão afetando o bolso do trabalhador. São reivindicações que temos feito com as centrais sindicais há vários anos. Nunca se mexeu em nada da pauta trabalhista. E agora vem querer mexer na questão do seguro-desemprego, abono, auxílio-doença. Nós não vamos admitir isso não”, declarou.
(fonte: IG)
Wagner Souza, Presidente do Sindicato União e Secretário de Relações Internacionais da UGT União Geral dos Trabalhadores, declarou em seu discurso que: “Pacote era usado na Ditadura Militar. A Presidenta Dilma, ao não dialogar com os trabalhadores e editar as duas Medidas Provisórias, se une ao que há de mais perverso da política brasileira, prejudicando, principalmente, as pessoas mais vulneráveis de nossa sociedade”.


CONVOCAÇÃO GERAL DEFESA DOS DIREITOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS E TRABALHADORES (AS)

28/janeiro – 10 horas – MASP (Av. Paulista)


Todos os trabalhadores estão convocados para a Manifestação contra as Medidas Provisórias 664 e 665 editadas pelo Governo Federal e que prejudica, principalmente, aos trabalhadores mais pobres, e, portanto, mais vulneráveis da sociedade. 

Ontem, 26/01, na sede da UGT União Geral dos Trabalhadores, as Centrais Sindicais se reuniram para tratar dos detalhes da Manifestação do dia 28/01.
Ficou decidido que a Manifestação terá início às 10 horas, em frente ao MASP, na Avenida Paulista, devendo se estender, até no máximo às 14 horas.
Decidiu-se, também, elaborar dois documentos assinados por todas as Centrais Sindicais:

  1. Um documento para ser entregue na sede da Petrobras, manifestando a preocupação dos trabalhadores com o possível desdobramento da Operação Lava a Jato, com possíveis demissões tanto na empresa quanto nas empresas terceirizadas.
  2. Outro documento para ser entregue na sede do Ministério da Fazenda, manifestando o descontentamento dos trabalhadores com as Medidas Provisórias 664 e 665, por jogar nas costas dos trabalhadores, mais uma vez, a conta da incompetência e corrupção dos governos.

Você também está CONVOCADO (A) para essa manifestação justa, e que será, com certeza, pacífica e ordeira. Mas que provocará a sociedade para uma reflexão sobre a gravidade do assunto e do momento político que estamos vivendo em nosso País. ESTIMADA RECESSÃO PARA 2 (DOIS) ANOS.

Veja o documento do Dieese

Veja aqui documento entregue aos ministro da area econômica pela UGT


 

>>Noticias Anteriores
Em Foco

Sindicato União @2005 - Todos os direitos reservados - Site em reconstrução, aguardem!